Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

13 sugestões de leitura

Howdy little creatures!

 

Hoje trago-vos um post de recomendações de leitura, algumas talvez menos conhecidas, mas excelentes (na minha opinião pelo menos)! Como de costume, tenho 13 sugestões para vos dar (tentarei não repetir sugestões de outros posts/reviews, inclusive do meu primeiro post sobre leitura, que não está grande espingarda mas tem boas sugestões). Providencio-vos ainda os links onde podem adquirir os livros que mais vos interessarem! Enjoy!

 

 1- Crimes, de Ferdinand Von Shirac (Bertrand, Fnac, Wook)

9789722041324.jpg

 

2- Bem Vindos a Joyland, de Stephen King (Bertrand, Wook, Fnac)

Joyland.jpg

 

3-The Art of Taxidermy, de Jane Eastoe (Wook (ebook), Fnac, Book Depository, Amazon)

51tMqs1R33L._SX258_BO1,204,203,200_.jpg

 

4-Portugal Eléctrico! Contracultura Rock 1955-1982, de Edgar Raposo e Luis Futre (Rastilho)

Portugal-Electrico.jpg

 

5-A Metade Sombria, de Stephen King (Bertrand, Wook, Fnac)

image.jpg

 

6-Frankenstein, de Mary Shelley (Bertrand, Wook, Fnac)

500_9789892331195_frankenstein.jpg

 

7-Encyclopedia Gothica, de Liisa Ladouceur (Book Depository,Bertrand, Wook, Fnac)  

51lxFs6ALZL._SY344_BO1,204,203,200_.jpg

 

8- A série Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares, de Ransom Riggs (Fnac, Wook, Bertrand)

fa08c9_71a1d3b1b2f348c9a0e90bb312b749ff-mv2.jpg

 

9- Série Lenore (Noogies, Wedgies, Cooties, Swirlies, Purple Nurples, Pink Bellies), de Roman Dirge (Book Depository, Fnac, Wook, Bertrand)

edsxc.jpg

 

10- O retrato de Rose Madder, de Stephen King (como podem ver, gosto bastante deste escritor!) - Fnac, Wook, Bertrand)

00000073740.JPG

 

11- O estanho caso de Dr. Jeckyll e Mr. Hyde, de Robert Louis Stephenson (Fnac, Wook, Bertrand)

O-Estranho-Caso-do-Dr-Jekyll-e-Mr-Hyde.jpg

 

12-Contos de Terror e Arrepios, de Bram Stocker (Fnac, Wook, Bertrand)

1540-6.jpg

 

13- O Exorcista, de William Peter Blatty (Fnac, Wook, Bertrand). Sim meus amores, este é o livro que deu origem ao clássico de terror "The Exorcist" com Linda Blair.

O-Exorcista.jpg

 

Bem little creatures, por hoje é só!

 

Bat Kisses

Oriana Bats

Dica de banda: Parzival

Howdy little creatures!

 

Bem que vocês podem dizer: "Seja bem aparecida!". Pois é, há algum tempo que não escrevia! Não tenho tido muita paciência para escrever, devido a algumas coisas (excelentes, diga-se de passagem) que se andam a passar, e que vocês saberão daqui a algum tempo, pois é algo pertinente aqui para o blog. Mas vamos ao post, antes que vocês cliquem para fora daqui!

 

0002274522_10.jpg

 Imagem retirada do Bandcamp dos Parzival

 

Os Parzival surgiram na Dinamarca em 1992. Foi fundada por Dimitrij Bablevskij e 3 amigos russos. Começaram com o nome de Stiff Miners e apenas em 1998 mudaram para Parzival. A sua música incorpora elementos de canto gregoriano, música medieval e algum som electrónico.

 

Os Parzival possuem Bandcamp, página de Facebook e canal de Youtube.

 

A minha música favorita desta banda chama-se "Das Gold Der Partei"  e é com o videoclip dela que me despeço.

 

 

Bat Kisses

 

Oriana Bats

It's Black Friday e França: a minha opinião

Howdy little creatures!

 

Recentemente a youtuber It's Black Friday encontrou alguns problemas aquando da sua viagem a Paris (podem ver os vlogs no seu canal). "Mas o que aconteceu?" perguntam vocês. Well, vejam os seus vlogs da viagem e o vídeo que segue abaixo e irão entender:

 

 

 No entanto, para além das mensagens de apoio que a Black Friday recebeu, também existiu muita gente a apoiar as decisões do Louvre e do Pére Lachaise. Vou passar a analisar as coisas mais comunmente ditas, começando pelas relacionadas ao Louvre (NOTA: não se encontram incluidos os motivos pessoais da administração do Louvre (podem ouvi-los no vídeo), apenas o que foi dito por pessoas que comentaram os vários posts sobre o assunto): 

 

  • Tiveram medo que mudassem de aparência no interior e perpetrassem alguma coisa grave:

Se vais fazer o que não deves, vais dar tudo por tudo para não chamar a atenção. Lamento, mas é verdade. Vejam notícias sobre todos os atentados/homicídios em massa que ocorreram até agora. Quem os perpetrou infiltrou-se na multidão e só deram por ele/a quando começou a matar. Porque, sejamos sinceros, ao fim e ao cabo a ideia é essa: não chamar muito a atenção para que:

 

a)ninguém dê cabo dos planos antes de eles começarem;  

b)os sobreviventes terem mais dificuldade em reconhecê-lo.

 

Quanto a maquilhagem para "esconder" a cara: uma balaclava também esconde e dá menos trabalho. Por isso duvido muito que, com uma opção tão mais fácil, alguém vá fazer uso de maquilhagem para "esconder" a cara.

 

4751979839bb1e8abfb9c0dbac665be7.jpg

 It's Black Friday e Matthias (o marido dela). Repito: dá menos trabalho usar uma balaclava para esconder a cara. Fonte

 

  • Há sempre gente a filmar documentários e chama a atenção;

Quem raio garante ao realizador que os espectadores vão passar o tempo todo a olhar para o supra-sumo objecto da filmagem? Há sempre distrações (um enorme grupo de gente, uma t-shirt azul no meio de três vermelhas, etc)! Além de que, vamos lá ver: quanto tempo iriam filmar o público? Duvido que muito, já que não era esse o objectivo. Por isso lamento, mas é uma desculpa parva.

 

13596971814_e41e800232_b.jpg

 Prova de que há sempre distrações: o público em geral chama mais a atenção do que os quadros

 

 

Passemos agora à possível razão do comportamento do staff do Pére Lachaise

  • Tiveram muitos problemas com "góticos", satanismo e "macumbas";

Em primeiro lugar, gostaria que os senhores que trabalham no Pére Lachaise definissem "gótico". Após tal exercício, proceder-se-ia à comparação entre a sua definição e a real definição do que é que faz um gótico. Passando esta pequena "brincadeira" à parte, duvido seriamente que os trabalhadores do cemitério tenham encontrado um gótico a fazer o que não deve por lá. O mais certo é terem encontrado um daqueles miúdos que acha que o melhor divertimento que existe no sábado à noite é ir para o cemitério invocar o Santananás (ou um fantasma menos simpático). Esse miúdo pode ou não vestir preto e anyway isso não faz dele gótico. 

 

Quanto ao possível satanismo e "macumbas" (quando digo macumbas não significa necessariamente algo mau, mas sejamos sinceros: para quem não percebe do assunto tudo é macumbas, seja bom ou mau): qualquer um poderia chegar lá e fazer. Nem todos os góticos são satânicos e fazem "macumbas" e nem todos os satânicos (ou realizadores de "macumbas") são necessariamente góticos.

 

 

Também existiram algumas ideias mais gerais, presentes em vários comentários. Estas ideias "adequam-se" a todo o contexto da situação, de onde se destacam:

  • Em Roma sê Romano

Não há nenhuma lei na cidade de Paris (ou em França, for that matter) que defina o que deva ser vestido, seja por quem lá vive, seja por turistas. No entanto, montes de gente disse que a Black Friday devia, pura e simplesmente, seguir as regras do país onde está...lógica? Para quê?

 

  • Veste-te normal, se queres tanto ir aos lugares:

Se há coisa que a Black Friday já disse (por mais de uma vez) é que se sente desconfortável ao fazê-lo. Da mesma forma que o comum dos mortais poderia (ou não) sentir-se desconfortável com roupa alternativa. Não é agradável. A pessoa torna-se demasiado consciente de si mesma, podendo até ter crises de ansiedade (em casos extremos). O que muitas vezes as pessoas se esquecem é que ser alternativo não é uma questão de necessidade de chamar a atenção: é uma questão de gosto e de vestir aquilo com que nos sentimos confortáveis. Não costuma passar pela cabeça de alguém virar-se para o comum dos mortais e dizer "Não achas que devias vestir outra coisa?". Então, porque é que o comum dos alternativos (em qualquer parte do mundo, mind you) continua a ouvir tais pérolas? 

 

8f11711124dc3db3e86023f03e99e8e2.jpg

Fonte 

 

Também houve alguns comentários acerca do facto da profissão da Black Friday ser "Youtuber" (maioritariamente dizendo que isso não é um emprego real) e só querer fama, mas não vêm agora ao caso. 

 

Apesar de já ter estado em França (bem antes de ter a aparência que tenho hoje em dia), nunca estive em Paris. No entanto, desde essa vez, muita coisa mudou. Graças ao crescente número de atentados (e pessoas menos recomendáveis a tentarem candidatar-se à presidência), as pessoas ganharam algum receio da diferença. Paris é considerada a cidade da moda e da arte e no entanto, pelo que pude ler em alguns comentários, não tem por hábito apoiar estilos mais alternativos. Vários comentários deram conta de problemas que a comunidade alternativa francesa tem de enfrentar e, infelizmente, são os do costume: ofensas, agressões, you name it. No entanto, o caso da Black Friday ajudou a chamar a atenção para estas ocorrências, e isso só pode ser positivo. Esperemos que o panorama mude no futuro.

 

Pronto, falei! Tinha isto entalado desde que ouvi falar no caso. Apenas levei mais tempo a postá-lo no blog pois queria ver o tipo de comentários que eram feitos. Sorry about that.

 

Bem little creatures por hoje é só!

 

Bat Kisses

 

Oriana Bats

I support!

Halloween Countdown

Mais sobre minha pessoa

foto do autor

Segue-me no Bloglovin'!

Follow

Banner

Create your own banner at mybannermaker.com!
---------------------------------------------------------

Comunicado

Este blog recolhe casos de preconceito e discriminação contra pessoas que têm diferentes estilos. Se quiseres contar o teu caso, entra em contacto com a autora através dos comentários do blog. Obrigada e Bat Kisses.
---------------------------------------------------------