Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

"É apenas uma fase" e porque já não faço posts exclusivamente sobre estilo emo

Oi criaturinhas :)

 

Hoje o post é sobre uma frase que talvez muitos de nós já tenhamos ouvido, que é "vais ver, vais crescer e deixar essa fase", ou "espero que isso seja só uma fase que estás a passar", ou qualquer outra frase semelhante.

 

Enquanto é verdade que, para muitas pessoas, ser alternativo é uma fase, para outros...hein...not really. Eu comecei a ter interesse em estilos alternativos com 14 anos, quando comecei a interessar-me pelo estilo gótico, assim como pelo estilo emo. O meu estilo até aos 17 anos era mais parecido com o emo do que com o gótico, mas agora, com 19 anos, o meu estilo é bastante mais gótico. Os alternativos estão em constante evolução e renovação, por muito que às vezes não pareça. Este blog tem imensos posts sobre emo, assim como recentemente, sobre gótico, porque são os estilos alternativos que sempre captaram mais a minha atenção. Mas não está restrito a isso, por isso quem tiver curiosidade com outros estilos é livre de deixar um comentário a pedir um post sobre um determinado estilo. Apesar de já não ter tanto interesse no estilo emo, os posts vão continuar aqui, e podem sempre fazer perguntas relacionadas ao estilo, que serão sempre atendidas desde que possível.

 

Mas vocês agora podem dizer "então o estilo emo foi uma fase para ti?". Bem, talvez. O estilo emo abriu-me muitas portas, em vários sentidos. Conheci muita coisa, e fico bastante feliz que assim tenha sido. Mas, a certa altura, deixei de me sentir bem com o estilo, pois senti a necessidade de me exprimir de outra maneira. Passei a classificar-me apenas como "alternativa", e o meu estilo começou aos poucos a evoluir para o gótico. Ainda tenho várias coisas que usava na altura, porque as adoro demasiado, e misturo-as com o que visto. Mas o estilo emo em si, deixou de ser para mim. E o estilo gótico sempre foi algo que gostei, devido às suas várias vertentes, e também devido à música. Adoro The Cure, Bauhaus, Creature Feature, Sisters of Mercy, entre outros. Ainda oiço muita da música que ouvia nos meus tempos de emo, porque gosto. Lá porque uma pessoa tem um certo estilo não tem de se cinjir apenas a coisas referentes a esse estilo. Da mesma forma que oiço Bauhaus, também oiço Green Day e Alestorm. Todos nós somos uma mistura, não apenas uma coisa específica, e é importante que nos mantenhamos fiéis a nós mesmos. Deixar de gostar de algo só porque não se enquadra no estilo em si? That's dumb, no thanks.

 

Agora se perguntarem "pertenceres à comunidade alternativa é uma fase para ti?", a resposta é: não me parece. Visto-me de forma diferente há aproximadamente 6 anos. Não me sinto bem a ser o que não sou, e sou alternativa. Enough said.

 

Mas, após esta explicação, vamos voltar ao tema do post em si: "fase".

 

Muitos não crescem, só melhoram ;)

 

Pessoas alternativas já podem ter sido questionadas pelos seus familiares ou amigos, sobre essa "fase" que estão "claramente" a passar. Mesmo pessoas com os seus 30/40 anos (há alternativos de todas as idades. Para quem não saiba, ser jovem não é um requisito para poder ser alternativo) que começaram a ser alternativos na sua adolescência, podem já ter ouvido isto. 

 

Para os jovens, pode ser dificil convencer as pessoas à roda deles de que aquilo que estão a viver não é uma "fase". Muitas pessoas com quem estes lidam podem não ter conhecimentos referentes a subculturas, por isso apenas com o tempo é que muitos conseguirão demonstrar que não é apenas uma "fase". 

 

A verdade é que muita gente se mantém alternativa, enquanto outros não. E estão no seu direito. A partir do momento em que algo já não é para nós, não temos de ficar presos a isso. Mas quando nos sentimos bem como estamos, não há razão para mudar.

 

Muita gente vos pode dizer "não vais conseguir arranjar um emprego com essa aparência". Pode ser verdade e pode não ser. Dependendo do emprego, podem ter de alterar um pouco a vossa aparência (pintar o cabelo de uma cor natural ou retirar os piercings por exemplo. Apesar de eu não ser a favor disso, há alturas em que não há outra solução), mas não há motivo para deixarem completamente de lado o estilo que amam (uma dica: menos é mais. Os pormenores fazem a diferença).

 

No entanto, tal como disse, dependendo do emprego que escolherem, podem não ter de alterar a vossa aparência. Há alternativos com empregos bastante respeitáveis (e família), e que não mudaram o seu estilo. Vejam por exemplo:

 

Adora BatBrat, 42 anos - Casada, 3 filhas, modelo, designer de moda, cantora

 

 

 

 

Jillian Venters,"nos seus quarentas", como ela mesma diz - Casada, autora, blogger e trabalha numa empresa no ramo da informática (e sim, veste-se sempre de forma vitoriana para o trabalho)

 

 

 

Siouxsie Sioux, 57 anos - Cantora

 

 

 

Mas talvez um dos melhores exemplos para familiares preocupados seja Clint Catalyst, 43 anos - autor, poeta, cantor, escreve para uma revista, é modelo, juiz num concurso de beleza e uma inspiração para muitos designers

 

 

 

 

Como podem ver, há quem não tenha "crescido" ;) 

 

Para uma leitura complementar sobre o assunto, procurei num dos meus blogues favoritos, Stripy Thights and Dark Delights (Amy, where are you? I miss your posts :( ), posts referentes ao assunto "fase". Dêem uma olhadela também.

 

 

Bat Kisses

 

Oriana Bats

 

 

I support!

Halloween Countdown

Mais sobre minha pessoa

foto do autor

Segue-me no Bloglovin'!

Follow

Banner

Create your own banner at mybannermaker.com!
---------------------------------------------------------

Comunicado

Este blog recolhe casos de preconceito e discriminação contra pessoas que têm diferentes estilos. Se quiseres contar o teu caso, entra em contacto com a autora através dos comentários do blog. Obrigada e Bat Kisses.
---------------------------------------------------------