Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

O monstro e o Carnaval - Oriana Bats

 

Howdy little creatures!

 

Vamos a mais um "aconteceu comigo". Relembrando que este blog recolhe casos de preconceito e discriminação contra pessoas que têm diferentes estilos. Se quiseres contar o teu caso, entra em contacto com a autora através dos comentários do blog ou mensagem privada na página de Facebook do Bats on the East Tower. Vamos então ao caso, ou mais especificamente casos, pois vou incluir aqui os vários casos que ocorreram durante o meu estágio. No entanto vou dividi-los, para facilitar a leitura. Irei contá-los de forma bastante sucinta pois não são casos recentes e não me lembro de todos os pequenos detalhes. Vamos lá!

 

O monstro pelo caminho:

 

Este caso ocorreu ainda antes de iniciar o estágio. Dirigia-me a pé para o local escolhido para estagiar (uma escola da minha zona).

A dada altura é necessário passar por um caminho de terra batida, que vai desembocar numa estrada com um parque de estacionamento, uma paragem e a escola em si. Na paragem estavam dois jovens, penso que mais velhos do que a população estudantil daquela escola

De qualquer forma não lhes olhei para a cara e foi o melhor que fiz, pois cedo começaram os insultos e "comentários":


"-Olha-me aquela aberração!";
"-Que monstro é aquele?"...

Etc, etc, etc. Não posso precisar todas as palavras, mas "monstro" e "aberração" foram usadas mais do que uma vez, daí me lembrar delas. Continuei a andar, mas acabei por falar sobre o assunto à minha futura coordenadora de estágio. Confirmou-se que aqueles jovens não eram alunos da escola, e nada pôde ser feito.

 

Carnaval:

 

Este caso é um caso de longa duração. Isto porque ocorreu ao longo do estágio. Passo a explicar, mas antes de mais quero dizer que nunca vi a cara do rapaz (era voz de rapaz) que dizia estas coisas, porque normalmente era alguém que estava atrás de mim e quando me virava era impossível dizer quem era. Adiante.

 

Um dia, um rapaz achou muito engraçado começar a gritar "o Carnaval já acabou!" de cada vez que me via. Chegou a ir por duas vezes à biblioteca escolar (o local onde eu passava a maior parte do tempo) e gritar essa mesma frase lá para dentro. Numa dessas vezes foi repreendido, mas tal não chegou, já que até ao fim do estágio tive esse problema.

O meu receio era que isso ocorresse quando a minha orientadora de estágio (não a que estava na própria escola, mas sim uma das minhas docentes de curso) fosse ao local, pois poderia causar-me algum problema. Daí que falei com duas vizinhas minhas, alunas da escola (e que passavam algum tempo na biblioteca) para ver se elas me podiam dizer quem era o rapaz que fazia isso. No entanto nunca cheguei a saber quem era o rapaz. 

 

 

Bem meus amores, por hoje é só!

 

Bat Kisses

 

Oriana Bats

I support!

Halloween Countdown

Mais sobre minha pessoa

foto do autor

Segue-me no Bloglovin'!

Follow

Banner

Create your own banner at mybannermaker.com!
---------------------------------------------------------

Comunicado

Este blog recolhe casos de preconceito e discriminação contra pessoas que têm diferentes estilos. Se quiseres contar o teu caso, entra em contacto com a autora através dos comentários do blog. Obrigada e Bat Kisses.
---------------------------------------------------------