Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

Bats on the East Tower

Criei este blog com posts com um tema em comum: estilo alternativo. Se tiverem alguma sugestão/pedido, não hesitem em deixar um comentário. Blog escrito no antigo acordo.

Os alternativos, os não-alternativos e o São Valentim

Oi criaturinhas =)

Ok eu sei que este post está mais do que muito adiantado no tempo, mas estive a ler algo e veio-me esta ideia à cabeça.

Acredito que todos tenhamos algumas ideias de como passar o S. Valentim com nossa cara-metade, quando temos gostos subculturais iguais ou semelhantes. Mas e quando não temos? Well, este post vai falar sobre isso. Enjoy =)

Há apenas 2 coisas a ter em mente:

1-Não queiram tudo ao vosso jeito

Falo a sério. A comemoração é dois 2, logo, as coisas não podem estar ao jeito apenas de um. Nem os alternativos podem decidir que é para ser tudo ooky-spooky, nem os não-alternativos podem querer tudo no lado mais comercial/normal da coisa.

2-Definam limites e façam acordos.

Isto é muito importante. Para o dia resultar, há coisas que terão de abdicar. Mas sempre dentro dos limites. Por exemplo, em vez de irem ver uma banda que só um goste, vão ver uma que ambos gostem. Comigo e com o meu namorado resultava. Eu adoro Creature Feature, mas detesto hip-hop (coisa que ele gosta). E ele não vai com a cara dos Creature Feature. Então o que faríamos aqui? Iamos ver Lordi, porque ambos gostamos.

 

Exemplos de S. Valentim alternativo

-Bombons em forma de corações (humanos I mean), caixões, ossinhos, olhos, caveiras, etc (há empresas que fazem bombons por encomenda, quem sabe se não fazem com alguma destas formas?)

-Rosas vermelhas, pretas ou roxas (falsas of course. De preferência com pétalas feitas de material suave)

-Cartões alusivos mas com um toque alternativo

 

 

 

 

 

 


Espero ter dado umas luzes


Bat Kisses

Oriana Bat-Girl

 

Os alternativos, os pais e os media. Desabafo

Oi ^^

Hoje venho falar-vos de uma coisa que, na minha (comprovada) opinião, é um problema. A difamação por parte dos media (por media subentendo jornais, revistas, certos programas de TV e certo sites).

Aqui há tempos, na revista “Maria” (a minha mãe compra, por isso sei), generalizaram aquilo que dizem ser “comportamentos dos jovens de hoje”. Uma das coisas que lá falam é das “pulseiras do sexo”. Não sei se já repararam, mas há vários estilos alternativos que as usam. Mas quem foi o parvalhão que se lembrou de lhes dar significado? Há uns anos atrás eram apenas pulseiras (e eu tenho umas quantas), agora são desculpas para possíveis violadores (acho que ocorreram casos no Brasil).

Resultado: os pais ficam apreensivos quanto aos nossos possíveis comportamentos. E nem sempre se lembram que nem todos os adolescentes são iguais. Aqui em Portugal acho que já há esta moda, mas na minha escola não é praticada, por isso ainda posso usar as ditas pulseiras (que para mim são apenas pulseiras, e nada daquelas "paneleirices” (como diz a minha mãe) que dizem que elas são).

Não sei se vocês têm este problema, mas eu tenho, por isso vou falar: há conta do que muitos “especialistas” (de pau carunchoso) falam sobre o comportamento adolescente e as idades para sair à noite e mais uma infinidade de coisas, eu sempre os movimentos restringidos.

Quando andei do 5º ao 9º ano numa escola que era a poucos metros da minha casa e se vê todo o percurso DA JANELA, eu não podia ir sozinha, a minha avó ia-me sempre levar à porta (vergonhoso), depois começou a levar-me até ao caminho que era mesmo lá a frente e a deixar-me ir sozinha (uma vez encontrei pessoal da minha turma no caminho, e a minha avó nunca se ia embora até me ver entrar -> mais vergonhoso ainda). Depois passei a ir sozinha, mas só quando estava no 9º ano. A vinda para casa era igual, primeiro estava lá sempre à porta, depois na ponta do caminho (e eu já ia com amigos meus, e havia um que morava MESMO AO PÉ de mim! -> vergonhoso), depois já não saía de casa e eu vinha sozinha (atirem um foguete…).

A minha antiga escola tinha cartões. Tive cartão vermelho (não podia sair da escola a não ser no fim, e se não houvesse a última aula não podia sair à mesma (tantas vezes que eu enganei as contínuas XDDDD), o que é uma parvoíce). Só no 9º ano tive cartão verde (e era porque vinha almoçar a casa), mas fiquei logo avisada que se fizesse algo que a minha mãe não gostasse, bye bye cartão (nunca aconteceu).

Telemóvel e pc só tenho +/- a 2/3 anos (talvez 4 para o telemóvel) porque a minha mãe nunca achou algo necessário e também porque os “senhores da TV” (assassinos de reputações alheias) falavam da idade para ter as ditas coisas (já toda a gente tinha e eu era motivo de gozo. Nunca vos aconteceu?). E não podia levar o telemóvel para a escola (e lá é que ele era preciso --“ esperteza saloia).

Sair à noite só até as 23.30h (caramba tenho 16 anos, vou fazer 17 em Setembro!), há conta de certos especialistas. Já avisei, quando fizer 17 anos, fico até mais tarde.

A única cena dessas todas que não mudou ainda hoje foi as saídas --“

Agora vocês perguntam: mas o que é que têm os alternativos a ver com tudo isso?

Agora não vou falar de mim, mas sim de uma amiga minha.

A pobre coitada, como é alternativa tem os pais sempre em cima dela. Acham que, por ser alternativa, tem mais propensão a cometer loucuras como as que vêm na revista O.O” tipo…

A mãe dela leu na net aquelas cenas que o Daily Mail (falei dele como Daily Mirror no post com imagens de revoltas, foi um lapso, peço desculpa) escreveu e ficou completamente…enfim…acho que as coisas estão a melhorar, mas os pais têm que perceber que lá por uma pessoa ter um estilo diferente não quer dizer que tenha mais propensões a fazer o que quer que seja >.<”

 

Bye =)

Os Alternativos e o CARCANHOL

Oi ^^

Hoje o post é sobre como ter dinheiro para as despesas com coisas alternativas um pouco mais caras. E se fizerem bem as coisas, podem ter o mesmo tipo de regalias sem gastar tanto ^^

 

->Morcega, eu gostava muito de ter fios como as Scene Queens, mas na Net são tão caros. E muitas vezes nem recebem encomendas daqui!

-Tens 2 hipóteses: fimo ou plasticina. Se tiveres forno podes usar fimo (ele tem que cozer no forno, acho), caso contrário, usa plasticina e deixa secar ao ar (é o que eu faço)

Conselho: a plasticina DOS CHINESES é a melhor para isto, porque seca MESMO. Se acontecer alguma parte do que fizeste em plasticina se separar do resto, um pouco de cola líquida UHU resolve. Deixa a plasticina secar num local fechado, para não apanhar pó e ganhar bolhinhas (a que eu uso as vezes ganha umas bolhinhas, parece que a mergulhei em açúcar =D faz um efeito giro, mas não em TUDO), e que tenha espaço para colocar a vossa obra a direito, senão vai ficar dobrada. A que eu uso vem dentro de uma embalagem que parece uma maçã e nem chega a 3€ (vejam lá o que é que não poupam)

                                                                             

->Morcega, nunca encontro pins de jeito!

-Oh filha/o, tens pins que não gostes da decoração? Imprime imagens do pc (cuidado com o tamanho) e cola por cima. Se não, corta cartão um pouco grosso na medida que quiseres, cola com fita-cola um alfinete de dama atrás, imprime uma imagem do pc (ou desenha algo numa folha branca) e cola por trás (usa fita-cola para que a imagem não fique às ondinhas). Vão parecer verdadeiros, garanto! Tens é que ter o cuidado de colar o alfinete (tem que ser de um tamanho proporcional ao cartão, quanto maior o cartão, maior o alfinete) MESMO AO CENTRO, para que, se se movimentar, não se notar que é cartão

 

->Morcega, segui os teus conselhos para os fios em plasticina, mas não tenho jeito para os fazer!

-Segue as instruções dos pins (sem o alfinete of course), mas, para ficar como deve ser, imprime a imagem 2x e cola uma de cada lado, para não se ver que é cartão

 

->Morcega, e os lacinhos, como fazer para não gastar dinheiro?

-Procura o post sobre como fazer laços e diverte-te XDDDD

 

->Morcega, e os brincos?

-Se fores a uma loja de missangas (ou a uma simples loja dos chineses), encontras as pecinhas em forma de gancho que se metem no furo das orelhas (como as dos brincos (compridos, não de botão) que se compram nas lojas como a Claire’s). Com elástico e missangas à tua escolha podes fazer os brincos e depois prender nas pecinhas. Há tantas maneiras de fazer! Sejam criativos (esta dica serve apenas para brincos “compridos”!

WARNING: Segue apenas esta ideia se não fores alérgica a bijutaria.

 

Vão dizer agora: “Morcega, como é que sabes tudo isto?”

 

A Morcega responde:

É simples. EU faço tudo isto XDDDD

Só compro fios quando não os sei fazer, e normalmente os que não sei fazer são caros, mas vale sempre a pena! ^^

Depois fico com mais dinheirinho para outras coisas! Por exemplo, estou prestes a ir a Androm (ALELUIA), vou comprar uns sapatos (o mais caro de tudo, 62.50€), uma mala para usar na escola com as cenas que preciso de ter à mão (ainda não sei quanto é, porque tenho que ver o tamanho), um fio (é 22€ é certo, mas eu não o consigo fazer, lá está. É um fio com mãos em esqueleto, e, como sabem, os ossos estão ligados, mas nota-se as divisões. Quando se tenta fazer isto com plasticina, o mais provável é que ela se esteja sempre a partir, por muita cola que usem. E para fazer as divisões, tem que ser a preto. Compensa mais pagar, porque assim, ao menos, não se parte XDDDD), uns ganchos em forma de mãos de zombie (10€, lamento, mas ganchos não sei fazer ainda --“), e um em forma de aranha (5€). Este gancho e o fio são coisas que já ando para arranjar à bues, a mala e os sapatos são uma necessidade (onde é que encontro aqui uns sapatos mais “à Verão” que não pareçam ter sido usados por velhinhas?), e os ganchos de zombie, uma pequena “extravagância” (tenho esse direito, ou não?)

 

Devem estar a pensar: “Credo que FORTUNA!”

 

A Morcega responde, dizendo o seguinte: Acham que a minha mãe vai pagar isto? Quanto muito dá o resto do dinheiro que faltar para a mala (eu tinha juntado para outra, mas a minha mãe gosta mais da que eu escolhi agora, e prefere paga um pouco mais)

 

Sim, é verdade, estamos em crise, mas também temos direitos! Se pouparem algum dinheiro agora, conseguir-se-ão safar melhor no futuro!

Bem, boas compras!

 

Bye ^^

 

Halloween Countdown

Mais sobre minha pessoa

foto do autor

Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Comunicado

Este blog recolhe casos de preconceito e discriminação contra pessoas que têm diferentes estilos. Se quiseres contar o teu caso, entra em contacto com a autora através dos comentários do blog. Obrigada e Bat Kisses.
---------------------------------------------------------
---------------------------------------------------------